Acumulando milhas

Atualizado: 12 de Mai de 2019




O post de hoje é para esclarecer as suas dúvidas sobre esse tema e te ajudar a fazer parte dessa comunidade de viajantes que se beneficia (e muito) com milhas aéreas e acúmulo de pontos!



Milhas. Quem são? De onde vem? Do que se alimentam? ;-)

Muita gente acha que viajar com milhas é só pra aquelas pessoas que gastam um dinheirão no cartão de crédito ou que viajam muito e por trechos longos. “Ah, eu não gasto quase nada, sempre compro passagens promocionais que praticamente não dão milhas*, nunca vou conseguir acumular pontos suficientes”.


*Normalmente, quanto mais longa a viagem, mais milhas você acumula. Normalmente, também, quanto mais barata a passagem, menos milhas você acumula. Passagens promocionais te proporcionam menos pontos que passagens na tarifa cheia. O mesmo vale entre passagens de classe econômica e executiva.


Caaalma gente, tem váaaaarias maneiras de acumular pontos e nesse post a gente vai te dar algumas dicas que vão ajudar a vocês verem que esse assunto não é uma coisa de outro mundo, pelo contrário!


Lembrando que apesar de nesse post estivermos dando ênfase em resgate para viagens, há mil outras maneiras de gastar os seus pontos! Por isso é importante sugar cada possibilidade e começar a economizar mais! Bora começar?



Dica 1: O bom e velho cartão de crédito.

Aaaah mas eu não gosto de usar cartão de crédito!


Tá bem, a gente entende. E se você é uma pessoa totalmente contra o uso de cartão de crédito ou tem dificuldades de se controlar e prefere não usar, pule pra próxima dica, tá tudo bem!

Mas se você quiser explorar essa opção, siga todos os passos que vamos listar aqui e já já vai poder começar a aproveitar!


O primeiro passo é entrar em contato com o seu emissor de cartão de crédito pra saber se você tem esse benefício e quais são as empresas parceiras que o seu banco tem relacionamento.

Se inscreva no programa de pontuação disponível no seu banco pra começar a pontuar!

E se você quer usar essa opção ao extremo, uma dica valiosa é passar a pagar suas contas de casa no crédito! Imagine o tanto de dinheiro que você gasta por mês só de luz, condomínio, aluguel, telefone etc.!


Alguns bancos te dão essa opção de pagamento no crédito, então são ainda mais milhas pra você gastar. É só pagar o cartão direitinho todo mês que não tem erro!


Obs.: Se você ainda não tem cartão de crédito mas quer ter um, vale a pena conversar com seu gerente sobre essa demanda e saber qual cartão e plano te dará mais pontos a medida que você gaste. Isso tem várias variáveis e cada banco e emissor tem mais de uma opção. Vale a pena avaliar gastos com anuidade x benefícios antes de escolher.



Dica 2: Atire pra tudo quanto é lado.

Além do cartão de crédito, existem várias maneiras de pontuar, desde o método tradicional, voando, até compras em lojas credenciadas, abastecer seu carro em postos conveniados etc.

Então o próximo passo é se inscrever em todos os programas de milhagem nacionais e pontuação (Smiles, Fidelidade, Tudo Azul, AMIGO, Dotz, Km de Vantagens etc) e avaliar quais companhias que você mais usa e escolher no máximo duas. Assim, você consegue agrupar uma quantidade maior e ter um rendimento melhor.


Obs.: Ao comprar uma passagem ou fazer check-in, sempre lembrar de jogar suas milhas no cartão do programa de milhagem! É possível reaver essas milhas caso de alguma maneira elas não tiverem sido creditadas, mas é sempre mais rápido e fácil fazer isso no primeiro momento.


Obs.2: Vôos com conexão acumula mais milhas do que vôos diretos. Claro que a escolha por um vôo com mais trechos pode ser algumas vezes muito cansativa dependendo da viagem e o tanto que altera o seu tempo de vôo, mas sempre que puder, destrinche sua viagem da maneira mais proveitosa com relação a acúmulo de pontos.



Dica 3: Fique de olho nas promoções.

Antes de transferir os pontos do seu cartão de crédito, fique de olho nas promoções dos programas de milhagem. Frequentemente as companhias oferecem bônus ao transferir seus pontos do cartão pra companhia, então vale a pena ficar de olho pra não perder a oportunidade.


Algumas vezes existe a opção de transferir seus pontos automaticamente todo mês. A vantagem é que sempre que você precisar você estará pronto pra resgatar e não precisará esperar o prazo que as emissoras pedem normalmente (uma média de 8 dias úteis). Essa espera é chata porque a gente pode acabar perdendo uma promoção de passagens por essa demora. Minha sugestão é tentar manter uma quantidade mínima na companhia que você mais utiliza (entre 2.000 e 3.000 pontos) pra poder ter ao menos a opção de emitir sua passagem com milhas+dinheiro.


Importantíssimo: Se inscreva em todas as newsletters das companhias, crie alertas nos sites que te dão essa opção (ex.: Skyscanner) e fique ligado!



Dica 4: Analise se vale a pena resgatar mesmo.

Normalmente, a emissão de passagens de longa distância são mais vantajosas no que trechos curtos. Por exemplo, a menos que a passagem que você procura está em promoção e precisa de menos milhas do que o normal, não vale a pena gastar seus pontos tão suados em uma viagem Rio – São Paulo, porque com essa mesma pontuação você poderia emitir uma passagem que normalmente seria muito mais cara, como Rio – Buenos Aires.


Nesse caso, uma sugestão é usar a opção milhas + dinheiro e analisar qual é a opção mais vantajosa. Ah! E sempre verifique se a opção de comprar só no dinheiro não é uma boa também. Não gaste seus pontos se o desconto oferecido não for lá grandes coisas.



Dica 5: Se programe!

Emita suas passagens com uma antecedência razoável, mas sem exageros! As companhias costumam ocupar lugares vagos nos vôos com passagens emitidas com milhas, mas existe algumas manhas pra identificar qual é o momento no qual estas passagens ficam disponíveis.


A regra geral por alto seria: 25 a 40 dias pra vôos nacionais e 30 a 60 dias pra vôos internacionais. Lembrando que em alta temporada esses prazos dobram!



Dica 6: Não deixe expirar!

Gente, pesquisas mostram que milhões de milhas são perdidas todo ano porque as pessoas não controlam suas contas e deixam expirar sem ver! Então, fique atento e crie o hábito de monitorar as datas de expiração dos seus pontos e nunca deixe isso acontecer! É melhor até doar ou transferir pra um amigo que pode usar suas milhas do que perder por bobeira.


Obs.: Algumas companhias te dão a opção de reativar suas milhas expiradas pagando um valor mínimo. Vale a pena analisar se vale a pena e se for o caso use essa opção.



Dica 7: Achei uma passagem maravilhosa mas não tenho todas as milhas
que preciso. E agora?

Bom, já falamos um pouquinho sobre a opção milhas + dinheiro, mas algumas vezes ao analisar você percebe que essa opção não está sendo muito vantajosa. E aí?


Nesse caso, existem 2 opções mais simples que podem resolver seu problema: transferência de pontos ou compra na própria companhia.


Você pode pedir aquele amigo ou parente te dar ou emprestar aquele restinho de milhas que falta pra você emitir sua passagem. Esse serviço é pago, então faça as contas pra ver se vai mesmo valer a pena. Normalmente só vale mesmo a pena se essa quantidade é uma porcentagem pequena das milhas totais que você precisa.


Mesma regra vale pra compra de milhas. Sempre analise bem!



Dica 8: Outras opções

Já falamos um pouquinho sobre alguns produtos e estabelecimentos parceiros que te dão pontos também e aqui vamos dar alguns exemplos bons pra aproveitar!


Existem três opções boas que não podíamos esquecer citar aqui: Km de vantagem, supermercados, avaliação no Trip Advisor.


As duas primeiras opções são maravilhosas porque são gastos que você normalmente tem de qualquer jeito, não tem como fugir. Então que tal tirar vantagem disso?


Se você usa carro, moto etc., escolha um posto Ipiranga de confiança e de preço bom e comece a abastecer só nele! É uma maneira muito fácil de acumular pontos, basta fazer as contas do tanto que você gasta por mês de combustível.


A dica extra aqui é nunca abastecer muito de uma vez só! Isso porque existem valores tabelados de pontuação. Por exemplo, gastando entre 30 e 100 reais você ganha a mesma quantidade de pontos! Então vale mais a pena abastecer uma média de de 30 em 30 reais e explorar mais essa opção.


Já a questão da pontuação em compras de supermercados vai variar de acordo com a sua cidade. Procure saber quais supermercados possuem convênio com algum programa de pontuação (por exemplo, Dotz) e passe a fazer suas compras sempre nessa mesma rede de supermercados.


Outra ótima dica é sempre que puder avaliar estabelecimentos no Trip Advisor! O site distribui pontos a cada vez que você avalia. Aproveite e comece a avaliar!!



Dica 9: Tenho muitas milhas mas não tenho como gastar mais! E agora?

Que tal vender suas milhas? Algumas pessoas oferecem suas milhas pra vender em comunidades do facebook, por exemplo. Mas uma opção mais certa e fácil é vender por um site feito específico pra isso: a MaxMilhas.


No site, você tem a opção de vender suas milhas pra alguma outra pessoa de uma maneira simples: o próprio site anuncia passagens emitidas com suas milhas disponíveis pra que outras pessoas comprem. O trabalho é todo deles e você ainda ganha um dinheirinho bom ao invés de deixar suas milhas inutilizadas ou expiradas.


E aproveitando a deixa, a Max Milhas é uma ótima opção de compra de passagens com desconto! Algumas vezes você consegue economizar em até 50% do valor da passagem usando esse serviço. Então vale a pena sempre dar uma olhada nessa opção antes de emitir sua passagem no modo tradicional.


Obs.: Lembrando que além de passagens, muitos programas de acúmulo de pontos te dão opção de trocar seus pontos por produtos diversos e eventos de entretenimento, como cinema, teatro e shows. Vale a pena conferir todos!


Pronto! Agora que você já sabe tudo direitinho, pare de perder mais tempo e comece a economizar nas suas viagens usando todas as possibilidades de reverter seus gastos em pontos.


No início é muita pesquisa e dá um trabalhinho, mas rapidinho fica tudo mais automático e você passa a aproveitar ao máximo sem ver!


Tá esperando o que? :)




©2019 by Por Um Mundo Menor. Proudly created with Wix.com